terça-feira, novembro 02, 2004

Lá fora o vento sopra, com toda a sua força como se assim, sem mais nem menos o mundo tivesse o seu fim…e eu sinto-me levar arrebatada com a sua intensidade.
Cravaste-me na pele o amor vivido, sofrido, que tanto esperei!!

Estarei louca?? Então porque me alegro com o meu próprio sofrimento? Porque fico louca de desejo mal vejo meu amor chegar? Porque secam meus lábios, desejosos do doce dos seus beijos?
Não, não estou louca, estou desesperada de amor…
Arrebatadoramente envolta no seio do teu corpo…enquanto tu…tu que me dás??
Largo tudo, deixo tudo, sigo somente pelo meu amor que me leva pelas calçadas frias e amargas…cruéis talvez….
Não meu amor, não te abandono nunca, mesmo que esses teus lábios jamais toquem nos meus! Mesmo que jamais me ames como todo o meu ser te ama…Mesmo que minha vida finde, continuarei lá no alto, chamando por ti...
Não meu amor…

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial