domingo, maio 07, 2006

Amar!


Eu quero amar,amar perdidamente!

Amar só por amar: Aqui...além...

Mais Este e Aquele, o Outro e toda a gente...

Amar!Amar! E não amar ninguém!

Recordar?Esquecer?Indiferente!...

Prender ou desprender? É mal?É bem?

Quem disser que se pode amar alguém

Durante toda a vida é porque mente!

Há uma Primavera em cada vida:

É preciso cantá-la assim florida,

Pois se Deus deu voz,foi para cantar!

E se um dia hei-de ser pó, cinza e nada

Que seja a minha noite uma alvorada,

Que me saiba perder...pra me encontrar....

Florbela Espanca

(Ando um pouco desaparecida mas quis deixar-vos um poema lindo e alegre...a condizer um pouco com o meu actual estado de espirito...)



16 Comentários:

Anonymous Conchita MC. disse...

É sempre muito agradável ler os Poemas de Florbela Espanca.

Agradeço a oportunidade deste momento bonito que passei aqui em seu espaço. Lindo!!!
Convite para sua presença em meu canto.
Abraço de:
- Conchita MC.

08 maio, 2006 19:28  
Blogger Ângela disse...

"Quem disser que se pode amar alguém

Durante toda a vida é porque mente!"

Cada vez acredito mais que sim...

Obrigada por tudo amiga!

Bjinhos***

08 maio, 2006 21:02  
Anonymous Penmap disse...

Vim só ver se havia algum post novo por aqui... E havia mesmo!

A literatura portuguesa está cheia de belos poemas.

Como disse num post anterior coloquei uma nova foto de uma borboleta no meu flog. Entretanto já tirei a uma outra mas o resultado não ficou tão bom como eu queria... Mesmo assim um dia destes talvez a coloque lá... O flog não é tão visto como isso (nem é esse o objectivo), por isso é preciso manter os poucos visitantes que por lá aparecem!

09 maio, 2006 05:38  
Blogger sofyatzi disse...

Muito bonito este poema.
Continua a postar, pois é sempre agradável poder lêr coisas bonitas.

Beijinhos

09 maio, 2006 09:56  
Blogger Ana P. disse...

Esta poema faz-me rir.

Quando li este poema a um "amigo", ele disse-me que pela conclusão dele, Florbela era ganda maluca, queria era curtir a vida e que com esta poema via-se logo que assim era... (...Este e Aquele, o Outro e toda a gente...) A mulher queria era curtir, como ele dizia

09 maio, 2006 10:42  
Blogger Rui disse...

Obrigado.

09 maio, 2006 23:43  
Blogger Keimadela disse...

A mitica Florbela...optima escolha para estes dias...bj NUmenesse

10 maio, 2006 02:37  
Blogger Pipas disse...

Olá linda.
Amor eterno não sei se existe,mas eterno é a beleza de uma pessoa quando ama de verdade.
Ainda bem que voltaste,continua.
Beijinhos.

11 maio, 2006 07:11  
Anonymous Gaybriel disse...

Oi, não fazia sentido nenhum andar longe deste vosso mundo colorido que sempre me encheu de alegria ao lêr... Voltei: "Apetece-me apenas esperar, esperar que este imenso mar me envolva e me transporte, misturando toda esta dor, todo este tormento com as areias submersas, escondendo-me de tudo e de todos, para que não tenha que sofrer mais, para que não tenha que chorar as lágrimas que afinal teimam em não secar…"

11 maio, 2006 18:34  
Blogger Paty disse...

olá! Se é assim que te sentes, acho muito bem que o expresses. Certamente que podes vir a alegrar alguém com a tua alegria. Força.

12 maio, 2006 11:45  
Blogger Alex Flôr Negra disse...

Muito bonito...
Um poema feliz...bem disposto...
Muito bom de ler-se e perceber que ainda existem por aí pessoas alegres...
Fico feliz por perceber isso...
Tambem quero...
Vou tentar ser contagiado por ti...
Pelo que escreves aqui...*

12 maio, 2006 22:08  
Blogger Eli disse...

:)

Espero que estejas bem e que sorrias a cada dia sem que te pareça cada um apaenas uma espera.

:)

14 maio, 2006 00:23  
Blogger Joca disse...

Excelente escolha...

14 maio, 2006 23:47  
Blogger Buttafly Su disse...

Dá um saltinho ao meu blog e depois diz-me o que temos em comum... LOL ;-)

17 maio, 2006 19:24  
Blogger NightWolf disse...

Um poema muito bonito este que escolheste, é bom sentir alegria nas tuas palavras, beijinhos*

29 maio, 2006 15:13  
Blogger EROS disse...

Amar… existirá sentimento mais nobre, mais puro e ao mesmo tempo mais inconstante que o amor? Não sei… neste momento amo… amo como nunca pensei amar… amo e sou amado… só posso desejar que ames e que a tua alma seja elevada à vasta esfera celeste onde todos os amantes partilham da comunhão dos deuses… onde todos os mortais ascendem ao divino… porque amar é isso mesmo, é um sublime estado de alma! Voltei… Beijinho!

04 junho, 2006 15:01  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial