sexta-feira, outubro 05, 2007

“Está perdida”, dizem uns, “É desta que ela não aguenta”, logo argumentam outros.
Mas não, ela é forte…tem garras de leão, basta querer usá-las. Traça um caminho e logo segue outro.

Solta gargalhadas sempre no momento em que os demais não o esperavam…e deita lágrimas de dor e desespero, enquanto sorri alegremente.
“Não te vou deixar…”, diz alguém, sempre com a cara mais pávida e serena que consegue fazer…e segue, deixando-a de novo…


Vêm outros, falam e falam, dizem de sua justiça e largam-na, para depois a puxar e pela mão e guiarem como a uma criança.
“Pelo menos sabes que o tens como amigo”, aquele ali, que permanece no escuro e não mostra a cara… “Agarra-te a isso” , não, não te agarres…amizades desvanecem no tempo…”Olha…não viste que chorou? Ele no fundo não sabe o que quer fazer”…E ela segue, vai um pouco mais abaixo e aí permanece…
Cruzam-se com ela os mais perfeitos luares e tudo a inunda…”Está louca!”, alguns referem com pena. Pena não! Nunca, jamais!
Ela mudou, em dias, como pode ter ela mudado? Já não o quer? “Eu acho que sim”, mas olha pelo que vi ela já secou a névoa que a acompanhava nos pobres olhos melancólicos… “Ela já não o quer…Afinal como pode querer?”
Acredito que ela vai suar só mais um pouco, até chegar ao cume da montanha…mas ela “ainda chora por ele”…já não, já não vai…já sorri e foi nadar no mar…é bom sinal…
“Acima de tudo sou teu amigo, vou continuar aqui para o que precisares” e no fim?
Mudou de estrada, já não lá trabalha, agora vende maçãs naquela pobre aldeia.
“Não te pressiones…não o faças com ele”, diz-lhe o amigo, sempre fiel a qualquer hora (pelo menos esse ainda vai lá a casa), “se pressionares é pior”.
“Escolhe outro vestido, esse não te cai bem, vais com o outro que te assenta melhor” Mas como mostrar que já nem pressão ela faz?
Já não o quer mais…já sofreu que chegue…”Olha ali, aquele está a sorrir para mim…porque não devolver também?”
“Esses sapatos não, gosto mais dos outros.”
“O encarnado sempre te ficou melhor!”

7 Comentários:

Blogger su disse...

As palavras dos outros não são sempre um ponto de orientação fiel ao que nos serve ou deveria servir. A bússola é o nosso coração, com uma pequena ajuda da nossa própria mente. Quando nem isso ajuda...o ser humano acaba sempre por encontrar forças não se sabe bem de onde...mas elas estão lá. É assim que nós somos...provas constantes de sacrifícios e superações para caminharmos em frente.
Quem está está...e quem não está estivesse.

Fica (te) bem o que mais gostares de ver!

Beijo grande aqui da Teia.

08 outubro, 2007 18:29  
Blogger Keimadela disse...

bj...

09 outubro, 2007 00:04  
Anonymous GaMbUzInA disse...

Numa palavra: Superior!

09 outubro, 2007 12:39  
Anonymous Bia disse...

São enriquecedoras essas ocasiões em que misturamos emoções e sentimentos com os momentos mais prosaicos de nossa vida. Seria uma fuga? Uma forma de nos conhecermos melhor? Ou apenas um adiamento para enfrentar uma situação que sabemos terá de ser vista de frente a qualquer momento? Ah, minha amiga, como sabemos bem 'camuflar' a realidade, quando ela nos parece por demais doída, e pensamos não ter condições de enfrentá-la. E ficamos assim, contornando, distorcendo, adiando... até que chega o momento crucial, e dele não há como fugir. Estou falando de cátedra, pois vivi algo nesse sentido, recentemente. O bom, amiga querida, é saber que temos sim, forças para enfrentar aquilo que tememos, pois no momento certo a coragem se faz presente, a determinação se faz marcante, e passamos a retirar forças do lugar onde ela sempre esteve... dentro de nós mesmas! Existe sempre um caminho que não havíamos ainda enxergado, mas ele só se faz presente quando ousamos abrir os olhos, fazer os gestos, dar o primeiro passo. Depois, tudo se torna mais fácil, menos dolorido!

Deixo-te pétalas de lindas e delicadas flores, meu anjo, junto de um beijo no teu coração, e o desejo de dias lindos a enfeitar tua coragem de enfrentar a vida.

10 outubro, 2007 00:17  
Blogger mixtu disse...

seguir as nossas palavras...
e ler e reler o que diz a su da teia, minha amiga e tua também...
beijinhos

10 outubro, 2007 20:55  
Blogger Aspásia disse...

OH!

NÃO VENHO EM MUITO BOA ALTURA... ASSIM AINDA BEM QUE PASSEI POR CÁ! TALVEZ TE ANIME NEM QUE SEJA UM GRÃO DE PÓLEN...
HMMM... ALGUMAS NUVENS ENNSOMBRAM O TEU VOO, BORBOLETA...
ALGUMAS CHUVADAS TE DEIXARAM AS ASAS ENCHARCADAS, PELOS VISTOS, IMPEDIDAS DE ALTOS VOOS POR ESPAÇOS/TEMPOS SONHADOS, REVOLUTEANDO COM OUTRAS ASAS DESEJADAS!

AINDA ÉS TÃO JOVEM, AS FORÇAS NÃO TE ABANDONARÃO... OU SE ASSIM PARECE, VAIS VER QUE REGRESSARÃO QUANDO MENOS ESPERARES E... IRÁS RETRIBUIR TODOS OS SORRISOS!
E PÕE VERMELHO QUE É COR FESTIVA E QUE AQUECE O CORAÇÃO!

BEIJINHO (AO) RUBRO :)

14 outubro, 2007 00:59  
Blogger somentebia disse...

Não encontrando nova postagem estou deixando pétalas perfumadas, beijos carinhosos, e um sorriso a dizer que espero que estejas bem, amiga, que estejas feliz e em paz, e que o sol esteja aquecendo com delicados raios coloridos a tua alma tão iluminada de amor. Fica bem, meu anjo!

14 outubro, 2007 14:48  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial