terça-feira, novembro 29, 2005

Tremo quando te vejo,
Sinto-te sem estares presente,
Não te quero mais,
Mas quero-te ao mesmo tempo,
Turbilhão de emoções,
Penso em ti,
Não te quero,
Volto a querer-te ainda mais…
Tento ser forte,
Seguir em frente,
Vejo o sol diante de mim,
Mas recuso-me a ir ao seu encontro,
As trevas chamam por mim,
Não as consigo evitar,
Mesmo sabendo que me trarão sofrimento,
Quero-te longe,
Volto a querer ter-te perto,
Porquê??
Sinto que posso seguir,
Não o consigo fazer…

12 Comentários:

Blogger NightWolf disse...

O fruto proibido é sempre o mais apetecido, mas no fim ninguem sofrera mais do que tu... beijinhos*

29 novembro, 2005 12:46  
Blogger Keimadela disse...

este é o meu consleho infalível para estas situações: Levanta a cabeça, enche os pulmões de ar e girta com força "FODACE"

bj Numenesse

29 novembro, 2005 13:33  
Anonymous Sparkling disse...

Percorri, perdi-me e encontrei-me nas tuas letras! '' Turbilhão de emoções,
Penso em ti,
Não te quero,
Volto a querer-te
ainda mais...''
Adorei o poema!
De facto quando se sente algo, é dificil escolher entre tanta emoção junta, mas só o coração te pode ajudar a decidir!

29 novembro, 2005 19:11  
Blogger ART&TAL disse...

...

30 novembro, 2005 06:55  
Blogger Astronauta disse...

Olá!
Continuas a brilhar, mas que bonito...é bom termos um turbilhão de emoções, porque pelo menos sabemos que somos humanos e sentimos...por outro provocam-nos os dilemas, mas as borboletas sem tão simétricas, sabes o que fazer muito bem!

Beijinhos

30 novembro, 2005 16:07  
Blogger Anokinhas disse...

Ola...gostei muito do teu blog...
Bjokas!

30 novembro, 2005 16:10  
Blogger simplesmente...mais eu disse...

Dói tanto não é?

30 novembro, 2005 20:14  
Blogger Bolos disse...

Por vezes quanto mais nos esforçamos por não querer algo, é quando isso nos faz mais falta, é quando a saudade aperta ainda mais. E custa, e doi, e corroi...

01 dezembro, 2005 11:46  
Blogger Aromas Do Mar disse...

Continuo a adorar o que escreves :)

Beijoka da Lina/Mar Revolto

04 dezembro, 2005 04:05  
Blogger Vagabundo disse...

I think I was once/I think we were/Your milk is my wine/My silk is your shine.
E segue em frente.
Fica bem
Vagabundo

05 dezembro, 2005 21:40  
Blogger Marta disse...

e com passinhos pequeninos e um pouco contra vontade vais caminhar p o sol...entretanto vais deixando as tristezas nesse mundo de trevas, de onde partirás um dia...livre e em busca da felicidade. bjs****

07 dezembro, 2005 12:03  
Anonymous Pipas disse...

O amor!
Este sentimento que tantas vezes só nos dá a dor.
Compreendo perfeitamento os teus poemas.
Beijinhos.

15 dezembro, 2005 01:27  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial