segunda-feira, janeiro 05, 2009

Passou pouco mais de um ano e ela acordou com a normalidade de mais um dia...Mas algo naquele dia a fez recuar no tempo e recordar...Afinal, tinha já passado mais de um ano e desde então tudo nada mudou...Na sua alma permanecia a dor de um amor perdido, no seu coração mantinha-se o Amor, Amor que jamais tinha sentido antes e não mais voltou a sentir...Na mente percorriam-lhe todos os momentos vividos com o seu grande Amor, sim! tinha sido o seu grande e verdadeiro Amor...e ainda o era!!
Sorriu ao lembrar-se do primeiro beijo...junto ao mar, naquela praia que ele sabia que ela tanto gostava...Sorriu recordando as noites que passara com ele a olhar o mar e a falar do futuro...Lacrimejou recordando o que na altura ele lhe dissera, para sempre acreditar no que ele sentia por ela, nas mensagens trocadas, no Amor, no carinho, na partilha...
Não mais voltou a amar, desde aquele fatidico dia em que tudo terminara e em que até hojé ela não sabia o porquê...
Tentou esquecer...Ter novos amores mas nunca o esqueceu...No seu coração apenas permanecia aquele a quem ela dissera tantas vezes: " Sei que sabes que sim..."
E ele? Terá amado novamente? Terá a esquecido assim? Será que não se recordará dela nem um pouco?

Ela esforçou-se por acreditar que a resposta dele seria :" Sei que sabes que sim..."

4 Comentários:

Blogger vero disse...

Um Amor, um verdadeiro Amor jamais se esquece... A solidão, a dor, a saudade acompanham o amor perdido mas não o cansam nunca do seu valor.. Um Amor... que te acompanhe a vida inteira esse sentir mas que te acompanhe de sorrisos por um dia te ter feito tão feliz, porque existem e existirão sempre pessoas que nunca chegarão a saber o maravilhoso que é amar assim :)..


E acredito que a resposta dele seria :" Sei que sabes que sim... "


Beijinhos minha mana que eu adoro

06 janeiro, 2009 19:18  
Anonymous Ângela disse...

Tal como ela, e tal como a Vero, também acredito que a resposta dele seria "Sei que sabes que sim..."

Visualisei os protagonitas... "revi" sorrisos e, acima de tudo, um luz contagiante... Uma luz que, creio, vai voltar a brilhar como já o fez.

Tal como a tua irmã diz, um verdadeiro Amor não se esquece. E um sentimento tão nobre não adormece de um dia para outro... Não se apaga naquele dia em que tudo terminou (terá terminado?) sem se saber o porquê...

Sabes gaja, muito sinceramente, eu acho que ele sabe mesmo que sim ;)

Adoro-te :)

****

10 janeiro, 2009 14:05  
Blogger Twlwyth disse...

Acreditar no que nos faz sentir melhor. Voar! :)

Beijos

14 janeiro, 2009 11:07  
Anonymous GaMbUzInA disse...

Parva.... puseste-me a chorar com este texto! Não há direito.... tocou-me mesmo bastante!
Se associei correctamente.... apenas te posso dizer... "não há amor como o primeiro" e, tal como ele a marcou, não duvido que ela lhe tenha deixado algo no coração... uma eterna cicatriz.

15 janeiro, 2009 16:03  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial