quarta-feira, setembro 10, 2008


O som proferido pelas músicas,
dizem mais do que julguei sentir
no som das palavras que ousei querer ouvir...

Ignorante humana que pensei,
puder suplantar a inultrapassável
barreira translúcida colocada entre nós...

Apenas o não querer ver,
que o que nos separava não eram as palavras
mas o som delas, que escutamos de forma diferente...

(Poema começado numa resposta a uma SMS, a SMS seguiu e o poema foi crescendo e acabou assim...Decidi colocá-lo para mostar que de algo simples se pode transformar em algo mais :) )

5 Comentários:

Blogger vero disse...

Minha querida maninha confesso que tive que ler e reler para tentar perceber-te melhor e foi tão simples pois numa frase resumiste tudo
"o que nos separava não eram as palavras
mas o som delas, que escutamos de forma diferente..."

;)


Muito, muito bonito!!! e taõ verdadeiro...

Beijinhos

P.s: Ah e quero saber com quem é que a menina andou atrocar estes sms, ai ai...!!!!!!!!!!!!!1

11 setembro, 2008 21:06  
Blogger Sandra Daniela disse...

Pois tens toda a razão, ás vezes as coisas mais simples, podem transformar-se em algo valioso, e o poema que aqui deixas é uma prova disso!!!

.-)
beijinho e bom domingo

13 setembro, 2008 22:06  
Blogger NAELA disse...

Linda o teu poema inspira aos sentimentos feitos de magia, feitos de som...
Adorei a imagem e a beleza das palavras, fico feliz que tenhas postado, porque escrever é um acto de ousadia;)
Beijo doce

18 setembro, 2008 09:23  
Blogger Nina disse...

oi querida (Butterfly?)

vc nos visitou e falou sobre livros, vim retribuir e vi que vc parece tbm ser uma fã da leitura, porque quem escreve assim, só pode ser alguém que gosta de ler, não é?

seu cantinho aqui é bem reconfortante, sabia?
bjs

18 setembro, 2008 11:41  
Blogger O Profeta disse...

...E está um espanto...!


Doce beijo

24 setembro, 2008 13:23  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial